John Elkington John Elkington

John Elkington: Conheça o pai da sustentabilidade

5 minutos para ler

Quem é John Elkington?

John Elkington é uma autoridade mundial em responsabilidade corporativa e capitalismo sustentável, é autor de mais de 20 livros e possui mais de 1 milhão de cópias vendidas. Conhecido como o “pai da sustentabilidade”, Elkington é o criador do famoso Triple Bottom Line, modelo de gestão no qual hoje se baseiam os investimentos sustentáveis.

O consultor britânico foi um dos precursores da responsabilidade socioambiental nas grandes empresas. Hoje, Elkington é uma das referências empresariais quando se trata de fazer negócios de maneira ecologicamente correta e sustentável. 

Além disso, através de seu livro Guia do Consumidor Verde, best-seller da década de 80, John Elkington foi um dos grandes responsáveis por influenciar consumidores a optar por produtos de empresas ecologicamente conscientes, ajudando a formar um mercado consumidor mais exigente em relação às questões ambientais. 

Em 1987, ele fundou a SustainAbility, uma instituição focada em orientar empresas a produzir com responsabilidade econômica, social e ambiental, através da melhoria das práticas comerciais. Atualmente, ele trabalha como líder da consultoria Volans, empresa que fundou em 2008. Elkington decidiu denominar o próprio cargo de “polinizador-chefe”, pois, de acordo com ele, essa é a síntese perfeita para a sua missão: acelerar a conscientização e as ações de sustentabilidade ao redor do planeta.

Ele foi descrito pela Business Week como “o decano do movimento da sustentabilidade corporativa há três décadas.”. Em 2008, o The Evening Standard nomeou John entre as 1000 pessoas mais influentes de Londres, descrevendo-o como “um verdadeiro guru de negócios verdes” e como “um evangelista da responsabilidade socioambiental corporativa muito antes de estar na moda”.

Livros publicados

John Elkington já publicou mais de 20 livros vendendo mais de 1 milhão de cópias mundialmente. Dentre eles podemos destacar os mais famosos:

  • The Green Consumer Guide: O livro traduzido como “O Guia do Consumidor Verde” foi co-escrito com Julia Hailes e foi publicado em 1988. Como o próprio título diz, o livro é um guia para orientar as pessoas a serem consumidores mais conscientes. A obra foi uma maneira de ajudar as pessoas a fazer conexões entre as coisas que compram ou fazem aos impactos que essas atitudes geram no planeta.
  • Cannibal with Forks: Em português, Canibais de Garfo e Facas, o livro foi publicado em 1997 e foi o que apresentou o Triple Bottom Line ao mundo. Ele demonstra como as empresas e organizações devem atuar levando em consideração aspectos econômicos, sociais e ambientais. O título do livro faz referência à famosa frase do poeta Stanislaw Lec: “Is it progress if a cannibal uses a fork? (É progresso se um canibal usar um garfo?)”. Na obra, Elkington associa as grandes corporações aos canibais mencionados por Stanislaw Lec.
  • Green Swans: The Coming Boom in Regenerative Capitalism: Esse foi o último lançado de Elkington, publicado no início de 2020. Em tradução livre o título significa “Cisnes Verdes: a explosão do capitalismo regenerativo”. Neste livro, é abordado como as grandes empresas e organizações devem inovar para enfrentar os desafios ambientais e se enquadrar nas novas regras do mercado. O termo “cisne verde” é uma referência à expressão “cisne negro”, que representa, a imprevibilidade, acontecimentos inesperados e impactantes que trazem consequências. Dessa forma, o termo “cisne verde”, de acordo com Elkington, significa o exato oposto. Para ele, cisnes verdes são caminhos que nos levam em direção às coisas que queremos.

Esses três livros são alguns dos livros best-sellers famosos de John Elkington, mas além deles, o sociólogo possui obras como:

  • The green capitalism (O capitalismo verde);
  • The Power of Unreasonable People: How Social Entrepreneurs Create Markets That Change the World (O poder de pessoas irracionais:como empreendedores sociais criam mercados que mudam o mundo);
  • The Breakthrough Challenge: 10 Ways to Connect Today’s Profits with Tomorrow’s Bottom Line (O desafio inovador: 10 maneiras de conectar os lucros de amanhã com os resultados financeiros de amanhã).

John Elkington e o Triple Bottom Line

Em meados da década de 1990, buscando fazer “medições” de sustentabilidade, John Elkington criou uma nova estrutura para medir o desempenho das empresas e organizações. Essa estrutura é chamada de Triple Bottom Line (TBL), conhecida também como o Tripé da Sustentabilidade.

O Triple Bottom Line se diferencia dos outros modelos de gestão pois ele vai além das medidas tradicionais de lucros, e inclui as dimensões ambientais e sociais. No Tripé da Sustentabilidade, a questão é reconhecer os impactos negativos causados pela atividade da empresa e trabalhar para que esses impactos sejam em sua maioria positivos e sempre levando em consideração os aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Dessa forma, o tripé da sustentabilidade é baseado em 3 pilares: Economia, Sociedade e Meio Ambiente. Esses três pilares também são conhecidos como os 3 Ps: People, Planet and Profit (pessoas, planeta e lucro).

Pensar na analogia do tripé é uma forma que facilita bastante entender esse modelo. Assim, como um tripé precisa dos três pilares para se manter de pé, o Tripé da Sustentabilidade só funciona se seus 3 pilares estiverem em equilíbrio.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp