óleos essenciais óleos essenciais

Óleos essenciais saiba suas aplicações e seus benefícios

6 minutos para ler

O que são os óleos essenciais

Os óleos essenciais são substâncias extraídas de plantas, são concentradas, aromáticas e extremamente voláteis. Ou seja, esses óleos evaporam facilmente, então é importante lembrar de manter sempre fechado. Por serem muito concentrados, o ideal seria diluí-los e manuseá-los com cuidado. Eles podem ser absorvidas através da pele ou inaladas e são facilmente encontrados em todas as partes da planta:

  • caule
  • folhas
  • pétalas das flores
  • sementes
  • raízes
  • casca
  • frutos

Dica do Meio Sustentável: os óleos essenciais naturais são geralmente incolores ou levemente amarelados. Se apresentarem cores diferentes, podem ter corantes em sua composição.

Benefícios dos óleos essenciais

Os óleos essenciais têm diversas propriedades que trazem inúmeros benefícios para o bem-estar mental, emocional e físico das pessoas, eles podem ser usados sozinhos ou em misturas de essências. Esses óleos têm a capacidade de acalmar, estimular, conservar alimentos, cicatrizar, desinfetar e até mesmo exercer o papel de inseticidas, fungicidas, bactericidas, repelentes e agentes de limpeza natural. 

Você sabe o que é aromaterapia? A dica está no próprio nome. É um tipo de terapia natural, preventiva e curativa. É voltada para o bem-estar mental através dos aromas. As moléculas químicas presentes nos cheiros estimulam áreas específicas do cérebro, causando bem- estar e prazer.

Como utilizar

Podem surgir dúvidas quanto ao modo de utilizar os óleos. Deve ser passado na pele? Abro o vidro e cheiro? Não exatamente. Mas primeiramente é importante alertar para que você não faça uso de nenhum medicamento, ou óleo, antes de consultar um médico especialista ou um aromaterapeuta. Apesar de naturais, os óleos essenciais ainda são remédios e substâncias medicinais que podem conter efeitos colaterais. 

Um bom modo de aromatizar um ambiente seria o uso de difusores, uma única gota a cada um metro, ou ainda diluir em água e passar no ambiente com o auxílio de um pano. Para compressas quentes para a dor, o ideal é diluir uma ou duas gotas, não mais do que isso. Cuidado com exageros, por serem muito concentrados, a alta exposição a esses óleos essenciais pode causar irritação nos olhos, garganta e náuseas.

Para aplicações na pele, no cabelo, na limpeza da casa, e na inalação devem ser feitas com cautela. É importante diluir algumas gotas no produto desejado, como shampoos, óleos de massagens, cremes corporais, e especialmente no caso da inalação, água quente. No caso da ingestão você deve consultar um médico especialista, pois a aplicação deve ser medida especificamente de acordo com o organismo de cada pessoa e as propriedades específicas de cada óleo. 

Obs: Nunca ingira um óleo essencial sem indicação médica!

Óleos Essenciais e suas propriedades

  • Alecrim: Estimula o foco, a concentração, a energia, é útil com a diminuição da dor muscular e a fadiga. É analgésico, antisséptico, anti-inflamatório, estimulante e tônico. Auxilia na hidratação do cabelo, no fortalecimento dos fios e na prevenção da caspa, da queda e da calvície.Deixa a sensação revigorante de frescor.
  • Canela: Gera aumento na concentração e foco, ajuda na melhora do humor, reduz a frustração. Ele estimula o crescimento capilar, fortalecimento e restauração das pontas duplas, e diminuição de manchas escuras na pele (inibe produção de melanina).  É bactericida, fungicida, anti microbiano, anti oxidante, anti diabética, inseticida natural, circulatório e vasodilatador (anticoagulante). Pode ser usado também para o combate da caspa e queda capilar. Ajuda a diminuir o cansaço físico ou mental e dores de cabeça. Alivia cólicas menstruais, dores reumáticas e musculares, e auxilia na dificuldade em relaxar.
  • Eucalipto: Traz benefícios para o pulmão e vias respiratórias, proporciona bem-estar. Diminui os sintomas de resfriados, rinite, sinusite, asma e bronquite, como por exemplo: bloqueio nasal, dor de garganta, febre, enxaqueca, dores e tensões musculares. Além de auxiliar na prevenção e tratamento de infecções do trato respiratório. É ideal para desinfetar ambientes e descontaminar o ar. É analgésico e antisséptico, descongestionante, desinfectante e repelente natural. 
  • Lavanda: Combate problemas respiratórios, resfriados, insônia, enxaqueca, ansiedade e estresse. Ele ameniza os sintomas da TPM, ajuda na reparação e recuperação da pele, principalmente contra leves arranhões e queimaduras solares. É antisséptico, cicatrizante, estimulante, descongestionante, promove o relaxamento e estimula a digestão. Além disso, diminui a calvície masculina e hidrata o cabelo, e é hipoalergênico, então pode ser utilizado no banho de bebês. 
  • Laranja/Laranja-doce: Bom para equilibrar as emoções, ajuda a reduzir sintomas de ansiedade e depressão. É apropriado para a utilização das crianças em relação ao medo, a perturbação e a ansiedade. É Antimicrobiano, antioxidante, desintoxicante, descongestionante linfático e antidepressivo. Estimula a digestão e o funcionamento do rim e da bexiga, auxiliando no tratamento de disfunções uretrais. Diminui a febre, o cansaço e as dores. Trata do cabelo frágil, estimula o bom humor e a motivação. 
  • Melaleuca: Age no tratamento de micoses, úlceras, candidíase, psoríase, calos, bolhas, herpes, acnes e inflamação na pele. Combate uma série de contaminações e odores, como mau cheiro nos pés e mau hálito. É analgésico, antisséptico, anti-inflamatório, cicatrizante, tônico, purificador de ambientes, antiviral, bactericida e fungicida. 
  • Sálvia: Estimula a memória, a atenção, o relaxamento, diminui a pressão arterial, a ansiedade e o estresse. É adstringente, antisséptico, aromático, regenerador celular. Fortalece cabelos secos e fracos, tem propriedade secativa, então é ideal para peles oleosas. 
  • Hortelã: Reduz a fadiga e o estresse. Auxilia com a vermelhidão da pele, lesões, acne e inflamações severas. É analgésico, antisséptico, anti-inflamatório, estimulante e repelente natural. Estimula o bem-estar e a disposição física, e ainda diminui o desejo por doces e chocolates. 
  • Limão/Limão Siciliano: Auxilia no trato respiratório e no sistema imunitário. Diminui a ansiedade, o estresse, a dor de cabeça e a febre. Estimula a digestão dissolvendo a gordura, aumenta a concentração e a produção de energia, proporcionando motivação e vivacidade. É antisséptico e anti-inflamatório, conservante de alimentos, desinfetante, antibacteriano, antiviral, inseticida e repelente natural. Além de ser um ótimo aromatizador de ambientes, produtos de higiene, velas, etc.
Posts relacionados

Deixe um comentário

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp