responsabilidade ambiental responsabilidade ambiental

Responsabilidade social: o que é e como praticar?

6 minutos para ler

O que é responsabilidade social?

A responsabilidade social diz respeito às atitudes e ações que empresas adotam, de forma voluntária, que buscam promover o bem-estar social. Uma organização socialmente responsável é aquela que possui uma forma de gestão ética e transparente colocando em prática projetos voltados para o benefício da sociedade. 

A responsabilidade social atua em dois níveis: o interno, que engloba os funcionários e as pessoas que estão diretamente envolvidas na empresa, e o nível externo que engloba as pessoas que estão indiretamente ligadas à organização, como por exemplo a sociedade em geral e a comunidade em que a empresa está inserida.

Porém, apesar de estar majoritariamente relacionada ao âmbito corporativo, a prática também pode ser relacionada a ações de pessoas físicas ou jurídicas que contribuem para uma sociedade melhor. Ou seja, a responsabilidade social é uma prática que todo indivíduo pode e deve ter pensando no bem-estar do próximo. 

De forma geral, o termo pode ser definido como o compromisso de pensar e agir de forma ética nas relações adotando atitudes que beneficiem a sociedade. 

É importante ressaltar que essa é uma prática voluntária. Os projetos e atitudes realizadas pelas empresas devem ser feitos genuinamente pensando no bem estar da sociedade e não por por quaisquer incentivos externos e pessoais.

Tipos de responsabilidade social

Existem 4 principais vertentes da responsabilidade social. Veja a seguir como cada uma delas funciona:

Corporativa (RSC):

A corporativa diz respeito às atitudes que a empresa toma para assegurar que as suas ações não terão um impacto negativo na vida de seus funcionários ou colaboradores.

No entanto, é importante lembrar que não se trata de apenas de oferecer serviços assistenciais, mas sim de ter uma gestão pautada em atitudes éticas, e que enxergue as pessoas como seres humanos em vez de apenas números.

Empresarial (RSE):

O conceito de RSE é semelhante ao de RSC. No entanto, a RSE é um pouco mais abrangente. Além de considerar o bem estar do público interno da empresa, a Empresarial busca ampliar seu campo de atuação e também considera a redução de impactos negativos de sua atividade nos stakeholders (os grupos interessados na empresa) e na sociedade em geral.

Ambiental (RSA):

A RSA busca atender as necessidades não somente da população mas também do meio ambiente. A ambiental demonstra uma preocupação genuína com o meio ambiente, buscando ser ambientalmente sustentável e reduzir os impactos negativos gerados na natureza, através de medidas que visam o benefício da sociedade em conjunto com o meio ambiente. 

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, a Responsabilidade social ambiental “Está ligada a ações que respeitam o meio ambiente e a políticas que tenham como um dos principais objetivos a sustentabilidade. Todos são responsáveis pela preservação ambiental: governos, empresas e cada cidadão.”

Individual:

Por fim, a individual diz respeito a ações que um indivíduo pode adotar visando contribuir para a sociedade. Isso inclui cuidar do meio ambiente, se engajar em causas sociais, exercer trabalhos voluntários em Organizações Não Governamentais sem fins lucrativos, fazer doações, consumir conscientemente.

Vantagem da responsabilidade social para as organizações

Implementar projetos de responsabilidade social é uma forma de estreitar os laços com os funcionários e com a comunidade em geral, pois visando o bem estar social, a organização estabelece um relacionamento saudável com os funcionários, parceiros comerciais, fornecedores e consumidores. Isso ajuda a empresa a se tornar um lugar melhor para se trabalhar, pois melhorando a qualidade de vida dos funcionários, o rendimento e a produtividade deles aumenta e, por consequência, os da empresa também.

Além disso, atualmente os consumidores estão cada vez mais conscientes em relação ao papel das empresas nas questões socioambientais e por isso, o mercado consumidor tem se tornado exigente quanto às atitudes das organizações com seu público. Adotar medidas de responsabilidade social é uma forma de passar uma mensagem positiva às pessoas. Sendo assim, as próprias empresas se beneficiam com essas ações, pois sua imagem com o mercado consumidor melhora.

Ou seja, quando a empresa prioriza ações de responsabilidade social ela estabelece uma confiança mútua com seus funcionários, com os colaboradores e com seu público uma vez que eles passam a enxergar a empresa como uma organização ética e digna.

Ações de responsabilidade social

Ser uma empresa socialmente responsável requer atitudes concretas por parte da organização. Não basta apenas ter um discurso bonito, é preciso ter ações verdadeiras que na prática demonstram uma preocupação com a sociedade e possam ser identificadas no dia a dia da empresa.

Algum dos exemplos de atitudes que podem ser aplicadas na prática são:

  • Fazer doações para instituições sociais;
  • investir na saúde e na segurança de seus funcionários;
  • manter os locais de trabalho adequados e com boas condições de higiene, estrutura, temperatura, etc;
  • reduzir o impacto ambiental causado pela empresa;
  • interar a empresa com a comunidade em que está inserida;
  • criar creches ou locais onde pais e mães possam deixar seus filhos durante o expediente;
  • ampliar licenças de maternidade e paternidade;
  • promover a diversidade no recrutamento de funcionários;
  • manter os locais acessíveis para pessoas com deficiência;
  • promover a igualdade salarial entre gêneros.

Política de responsabilidade social

É muito comum as pessoas confundirem o conceito de responsabilidade social e política de responsabilidade social. Apesar de muitos pensarem que os dois termos são a mesma coisa, os dois possuem conceitos diferentes, porém se completam. Enquanto a responsabilidade social se trata das ações e práticas, a política é responsável por documentar essas ações. É através dela que a empresa torna transparente para o público dados e estratégias que a organização pretende adotar em determinadas situações.

Atualmente, há diversos selos e certificados que fornecem diretrizes para atestar a responsabilidade social de organizações. Geralmente, as políticas são baseadas nos padrões desses certificados. Entre os mais comuns podemos citar:

  • ESG
  • INMETRO
  • GRI
  • ISO 26000
  • Pacto Global da ONU.
Posts relacionados

Deixe um comentário

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp