marketing verde marketing verde

Entenda o que é o Marketing Verde e como usá-lo na sua empresa

11 minutos para ler

O que é marketing verde?

Marketing verde, também conhecido como ecomarketing, marketing ambiental, marketing ecológico ou marketing sustentável, é uma estratégia voltada à divulgação de ações sustentáveis e ecológicas, visando promover a imagem de marcas e empresas em relação às questões ambientais, como sustentabilidade e responsabilidade socioambiental.

Hoje em dia, a sustentabilidade tem sido um assunto cada vez mais debatido devido aos crescentes problemas ambientais. Muito tem se discutido sobre a necessidade de práticas sustentáveis e a importância de respeitar e preservar o meio ambiente.

Com isso, as pessoas vêm se conscientizando sobre as questões ambientais e começaram a exigir que as empresas também se conscientizem a respeito e se responsabilizem pelos danos causados ao meio ambiente.

Com o aumento da cobrança dos consumidores pela responsabilização sobre as questões ambientais, marcas e empresas passaram a buscar vender uma imagem ecologicamente consciente de seus negócios, assim como ter um posicionamento de respeito aos recursos naturais e à sociedade.

Ou seja, o Marketing Verde é uma maneira de responder às expectativas sociais e posicionar a empresa como uma marca responsável ecologicamente pautada em atitudes sustentáveis e que realiza ações voltadas ao meio ambiente.

Quais as vantagens do Marketing Verde?

De forma geral, as principais vantagens do marketing verde para a empresa estão relacionadas com a ampliação do mercado consumidor e a consolidação da empresa no mercado. 

Aplicar estratégias do Marketing Verde é demonstrar preocupação com o meio ambiente e com a sociedade, o que é uma forma de se posicionar no mercado. Em consequência, isso cria um diferencial em relação a outras empresas concorrentes. Isso chama a atenção não só dos clientes, mas dos investidores e acionistas também, principalmente aqueles conscientes. Sua empresa, então, ganha credibilidade no mercado, agregando valor e consolidando sua marca.

Além disso, as atitudes em prol do meio ambiente cria um apreço respeito por parte da população e atraindo ainda mais consumidores para sua marca. Com isso, pessoas satisfeitas, começam a recomendá-la para outras pessoas que também optam por marcas ecologicamente conscientes.

Lembrando que a consciência ecológica não é somente uma estratégia de marketing, é também uma forma de atender às demandas do mercado consumidor que está cada vez mais exigente a respeito desse assunto. É comum pessoas deixarem de comprar de empresas que não possuem atitudes ecológicas. Os clientes acabam optando por marcas conscientes, que investem em atitudes sustentáveis, que não promovem a crueldade com animais e que demonstram respeito com o meio ambiente e com a comunidade na qual estão inseridos. Por isso, é fundamental se adaptar a este novo cenário e atender às demandas do seu mercado consumidor.

Dessa forma, em síntese, podemos citar alguns dos benefícios do Marketing Verde na sua empresa:

  • Ter um diferencial em relação aos concorrentes;
  • Ganhar credibilidade e agregar valor à marca;
  • Atender as exigências do mercado consumidor;
  • Conquistar a simpatia da população;
  • Atrair novos consumidores;
  • Gerar mais lucro uma vez que o número de clientes aumentou;
  • Chamar a atenção de acionistas conscientes;
  • As práticas sustentáveis adotadas pela empresa irão ajudar a reduzir gastos e economizar em alguns aspectos.

Não podemos deixar de falar também que, além de ter vantagens para a empresa, o marketing verde gera benefícios ao meio ambiente. Para introduzir essa estratégia é imprescindível que a empresa adote práticas sustentáveis reais, o que gera um impacto positivo ao planeta. 

O setor industrial é um dos que mais afetam e causam danos ao meio ambiente. Ao investir no marketing verde, e consequentemente em atitudes ecológicas, a empresa está contribuindo para minimizar o impacto negativo sobre a natureza.

Princípios do Marketing Verde

Para estar de acordo com o marketing ambiental, a empresa deve se basear nos princípios da sustentabilidade, ou seja, ela deve ser:

  1. Ecologicamente correta: não agredir a natureza, respeitar o meio ambiente, evitar o consumo de substâncias prejudiciais, não esgotar os recursos naturais, ter um equilíbrio entre o que é retirado da natureza e o que oferecido em troca.
  2. Economicamente viável: buscar meios que propiciem o crescimento econômico sem agredir o meio ambiente.
  3. Socialmente justa: isso está relacionado com a ética, com o respeito ao próximo, com compreensão e solidariedade. É preciso considerar que nossas ações também geram impactos na vida do outro.
  4. Culturalmente diversa: valorizar a diversidade e promover a igualdade, de forma a criar relações de respeito com todos, sem discriminação. 

Como podemos ver, é fundamental que a empresa tenha responsabilidade não somente ambiental, mas econômica, social e cultural.

Outro aspecto importante que a empresa deve colocar em prática são os chamados 3 Rs da sustentabilidade:

Reduzir: Diminuir a quantidade de lixo produzido.

Reutilizar: Utilizar várias vezes a mesma embalagem. É importante que a empresa desenvolva produtos que possam ser reutilizados.

Reciclar: Transformar o lixo residual em materiais novos.

Cuidado com o greenwashing

Pode acontecer de empresas venderem uma imagem sustentável mas na realidade não praticarem nenhuma ação que de fato diminui os impactos ambientais. Isso se trata de um caso de Greenwashing.

O Greenwashing se dá quando uma empresa possui um discurso que não condiz com suas ações. A organização engana o consumidor o levando a acreditar que está comprando um produto sustentável quando na verdade essa empresa não adota nenhuma prática sustentável. Literalmente uma propaganda enganosa e pode manchar a imagem da sua empresa.

Logo, é fundamental que o marketing verde de uma empresa seja pautado em atitudes reais, e não somente em um discurso vazio sobre sustentabilidade. A empresa deve realmente ter como valor a responsabilidade ambiental e tomar ações concretas visando melhor para o meio ambiente.

Para evitar casos de Greenwashing, produtos declarados como sustentáveis devem atestar sua sustentabilidade. Enganar o consumidor através de uma mensagem que não é colocada em prática, vender uma imagem que não condiz com as atitudes das empresa, manipular dados, ocultar as características nocivas dos produtos, tudo isso é considerado Greenwashing e são atitudes totalmente deploráveis, além de serem extremamente prejudiciais à empresa.

Casos de Greenwashing podem arruinar toda a imagem da marca e pode até ser mesmo ser fatal para o empreendimento. Por isso é fundamental aplicar o marketing verde de forma correta e genuína em sua estratégia. Ao implementar o marketing verde, a empresa deve assumir um compromisso real com a sustentabilidade e torná-la parte fundamental dos valores da empresa.

Dicas para implementar o marketing verde em sua empresa

  • Invista fortemente em reciclagem e reaproveitamento de materiais; 
  • Economize água e energia;
  • Evite ao máximo usar produtos poluentes;
  • Separe e descarte o lixo corretamente;
  • Invista em fontes de energias alternativas;
  • Evite o uso de materiais não-biodegradáveis;
  • Aumente a durabilidade de seus produtos;
  • Seja uma empresa cruelty free, ou seja, sem testes em animais;
  • Apoie e crie projetos sociais.

Exemplos de empresas que tiveram sucesso com o Marketing Verde

Empresas como Natura, Microsoft e Toyota, são grandes destaques quando o assunto é o Ecomarketing e são premiadas e parabenizadas pelo mercado consumidor por isso.

Natura

A Natura desde que foi fundada é um grande destaque entre as empresas sustentáveis devido ao seu foco na área socioambiental. A marca, uma das pioneiras no marketing verde, investe em iniciativas que buscam beneficiar toda a sociedade, e não apenas gerar lucro para a empresa.

Entre os compromissos e atitudes da empresa em relação ao desenvolvimento sustentável podemos citar:

  • Preservação da Floresta Amazônica: Ao comprar os produtos da marca, o consumidor estará ajudando a sustentar milhares de famílias dentro de comunidades de cultivadores brasileiros. Esse trabalho com os cultivadores, além de ajudar essas famílias, possibilitou preservar milhares de hectares da Floresta Amazônica. Além disso, os ingredientes utilizados em seus produtos são recolhidos de forma sustentável através da parceria com essas comunidades de cultivadores. Ou seja, sem promover queimadas e desmatamento.
  • Ajuda nas questões climáticas: A marca é 100% carbono neutro e controla rigorosamente todas as ações relacionadas com a emissão de carbono. A empresa inclusive privilegia meios de transportes que não gastam menos carbono.
  • Redução de resíduos: todas as embalagens utilizadas na linha Natura Ekos são feitas de materiais recicláveis ou feitas com plástico verde, evitando assim o acúmulo de resíduos.
  • Política contra os testes em animais: todos os produtos da marca são aprovados pelo programa Leaping Bunny, que é conhecido como o padrão de ouro para produtos cruelty free. 

Toyota

A Toyota desenvolveu o veículo Prius, o primeiro veículo híbrido do mundo. O carro reduz quase metade da poluição só por ser híbrido. A Toyota é uma das marcas que mais investe nesse tipo de carro.

Além disso, a Toyota do Brasil organiza ciclos de metas ambientais por meio dos planos de ação. Os planos de ação são um conjunto de compromissos e desafios que visam reduzir o consumo de água e a emissão de resíduos e de emissões de gases poluentes. O atual plano de ação possui 6 desafios:

  • O primeiro desafio trata sobre a emissões de CO2. A empresa propõe investir nos veículos híbridos. O aumento deste tipo de veículos nas cidades, contribuirá para a redução de CO2 na atmosfera, já que carros híbridos, emitem menos gás carbônico comparado com os outros carros.
  • No segundo desafio, a Toyota se compromete a reduzir a zero não só as emissões de CO2 produzidas pelo uso e na fabricação de carros, mas também de todas as emissões, incluindo os processos de produção de materiais, assim como o descarte e reciclagem de veículos. 
  • No terceiro desafio, a empresa busca reduzir os impactos causados pelas operações industriais. A marca tem como objetivo reduzir o total de CO2 emitidos na produção de automóveis. Para isso, eles pretendem melhorar a tecnologia de fabricação e  planejam adotar energias renováveis, como energia solar, eólica e energia de hidrogênio.
  • O quarto desafio se refere a reduzir o consumo de água que é utilizada como insumo na linha de montagem. Eles visam a redução global da quantidade de água utilizada, além da purificação de água para devolução ao meio ambiente.
  • O quinto desafio é  estabelecer uma sociedade e sistemas baseados em reciclagem. A respeito disso, a empresa visa a utilização de materiais ecológicos; o aumento da durabilidade das peças; o desenvolvimento de tecnologia de reciclagem e a fabricação de veículos a partir de materiais de veículos usados.
  • Por fim, com o sexto desafio a empresa se compromete em estabelecer uma sociedade em harmonia com a natureza. Para isso, as empresas da Toyota buscaram investir em plantio de árvores nas fábricas,  em atividades de conservação ambiental nas proximidades das instalações e em educação ambiental.

Microsoft

A Microsoft foi eleita a empresa mais sustentável do mundo pela ONG Just Capital, devido ao seu compromisso com a sustentabilidade. As atitudes sustentáveis da  empresa se concentram em 4 áreas: carbono, água, resíduos, e ecossistemas. Com esses 4 aspectos como base, a Microsoft busca dimensionar e minimizar os impactos negativos de suas operações e maximizar os impactos positivos da sua tecnologia. A empresa busca, também, expandir suas estratégias para que beneficiem as comunidades nas quais ela opera.

De acordo com o relatório Relatório de Sustentabilidade Ambiental da Microsoft 2020, a empresa apoia cada uma das quatro áreas de foco com cinco pilares de estratégia.

Operações: Assumir a responsabilidade pelo carbono, água, resíduos e impactos gerados pela produção de seus produtos.

Produtos e serviços: Desenvolver novas tecnologias e serviços baseados em dados, e tecnologia digital para contribuir com o meio ambiente e com a sustentabilidade.

Clientes e parceiros: Ajudar os clientes e parceiros ao redor do mundo a reduzirem seu carbono, água, resíduos e impactos ambientais por meio de nossos aprendizados, tecnologia e serviços.

Política: Usar a voz da empresa em assuntos relacionados ao clima, questões de políticas públicas. Além disso, ela se compromete em apoiar novas iniciativas de políticas públicas para acelerar oportunidades de carbono, água, resíduos e ecossistemas.

Funcionários: Reconhecer a importância dos funcionários e criar novas oportunidades para eles contribuírem para os esforços da empresa.

Além dessas 3, existem muitas outras marcas e empresas que investem em práticas socioambientais. Quer conhecer mais empresas sustentáveis? Leia o nosso artigo.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Cresta Help Chat
Send via WhatsApp