fbpx
reserva particular do patrimonio natural

Reserva Particular do Patrimônio Natural : O que é

 A RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) é uma categoria de unidade de conservação criada em 1990 que consiste na iniciativa voluntária da criação de uma unidade de conservação pela vontade do proprietário rural que se interessa pela conservação ambiental. Não há desapropriação de terra, mas no momento que decide criar uma RPPN, o proprietário assume compromisso com a conservação da natureza.

Objetivos das Reserva Particular do Patrimônio Natural

 Além de preservar belezas cênicas e ambientes históricos, as RPPNs assumem, cada vez mais, objetivos de proteção de recursos hídricos, manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisas científicas, manutenção de equilíbrios climáticos ecológicos entre vários outros serviços ambientais.

Atividades recreativas, turísticas, de educação e pesquisa são permitidas na reserva, desde que sejam autorizadas pelo órgão ambiental responsável pelo seu reconhecimento. 

De acordo com o SIMRPPN, o Sistema Informatizado de Monitoria de RPPNs, o país conta, hoje, com 640 unidades desta categoria. Os estados com maior número de reservas são a Bahia, com 102 reservas que cobrem 46.817 hectares, e Minas Gerais, com 88 reservas sobre 33.140 hectares. Embora tenha apenas 15 reservas, Mato Grosso tem a maior área protegida por reservas privadas: 172.980 hectares.

Exemplos de Reserva Particular do Patrimônio Natural:

Reserva Natural Salto Morato

Reserva Natural Salto Morato – Wikipédia, a enciclopédia livre

Reserva Rio das Furnas

Reserva Rio das Furnas

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.