fbpx
reserva de desenvolvimento sustentavel

Reserva de Desenvolvimento Sustentável: o que é e exemplos

 As áreas de RDS (Reserva de Desenvolvimento Sustentável), são uma das 7 áreas dentro da unidade de uso sustentável. Elas são  de posse e domínio público, não podendo haver apropriação particular. Essas unidades naturais abrigam populações tradicionais que vivem de sistemas sustentáveis de exploração dos recursos naturais e que, em virtude de seu modo de vida, contribuem para a proteção e para a manutenção da diversidade biológica.

De acordo com o Cadastro Nacional de Unidades de Conservação (CNUC), até o início de julho de 2015, existem 36 RDS no país: 2 nacionais, 29 estaduais e 5 municipais

Porque as áreas de desenvolvimento sustentável são criadas 

Essas áreas são criadas no intuito de preservar a natureza, além de assegurar a perpetuação, qualidade do modo de vida e a exploração dos recursos naturais pelas comunidades tradicionais. A visitação pública e a pesquisa científica são permitidas e incentivadas, desde que sigam regulamentos e propósitos específicos.

Exemplos de reservas de desenvolvimento sustentável:

 Reserva Mamirauá (AM);

Mamirauá

Reserva Veredas do Acari (MG);

Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão (RN);

Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro (AM);

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.