energia solar energia solar

Energia Solar: entenda as vantagens e desvantagens e quais são os tipos

4 minutos para ler

O que é Energia Solar?

Energia  solar, como o próprio nome já diz, é a energia proveniente da luz e do calor do sol.  Como é uma energia cuja fonte é o sol, ela é considerada uma fonte de energia limpa pelo fato de ela não emitir poluentes na atmosfera. 

Essa forma de obtenção de energia é considerada uma das mais promissoras atualmente, já que ela é uma fonte alternativa e alinhada com a sustentabilidade que pode gerar energia elétrica e térmica sem causar grandes impactos negativos ao meio ambiente.

Tipos de Energia Solar

Existem dois tipos de energia solar: a fotovoltaica, que é responsável por transformar a luz do sol em eletricidade; e a heliotérmica que transforma a luz em calor. Entenda a seguir como cada uma delas funciona.

Energia solar fotovoltaica

Energia solar fotovoltaica consiste em transformar a luz solar em energia elétrica. Essa conversão é realizada por meio de células fotovoltaicas, que são feitas de material semicondutor (normalmente o silício). Quando a luz solar incide nas células, ela faz com que os elétrons do material condutor se movam e sejam transportados pelo material até chegarem em um campo elétrico, gerando, assim, eletricidade.

Energia solar heliotérmica

Já o sistema heliotérmico converte a energia proveniente da luz do Sol em calor. Para essa conversão, são utilizados os painéis solares. Através dos painéis, a luz solar é refletida e  concentrada em um único ponto no qual possui um receptor que contém um líquido. A luz solar refletida nos painéis aquece esse líquido e gera vapor movimentando as turbinas nas usinas e produzindo energia elétrica.

Esse tipo de energia é usado principalmente para aquecer a água em residências, clubes e etc.

Vantagens da energia solar

Essa é uma das fontes de energias mais vantajosas atualmente. Suas principais vantagens são:

É renovável: como é uma energia que tem como fonte a luz do sol, pode-se considerar que ela é inesgotável.

É gratuita: Apesar de haver custos com sua conversão, a fonte de energia é gratuita, já que é um recurso que vem do sol e não é necessário pagar para obtê-lo. 

Possui baixa necessidade de manutenção: Apesar de ser cara, os equipamentos dessa tecnologia exigem pouca manutenção.

Ocupa pouco espaço: para a produção não é necessária a ocupação de grandes áreas, diferente das hidrelétricas, por exemplo. 

Não polui: Não emite poluentes na atmosfera.

Desvantagens da energia solar

No entanto, apesar de ser uma fonte de energia bastante vantajosa, ela também possui alguns pontos negativos. Entre eles, podemos destacar:

Alto custo:  A tecnologia usada na produção é muito cara. 

Baixa capacidade de armazenamento: Comparação a outras fontes, a capacidade de armazenamento da mesma é baixa, além de ter um menor rendimento.

Dependência do clima: Como é uma fonte que depende da luz do sol, as variações  climáticas podem acabar afetando a produção de energia.

Cenário brasileiro

No Brasil, apesar de fazer parte apenas de uma pequena porcentagem na matriz energética do país, a energia solar está crescendo cada vez mais. O Brasil é um país com grande potencial de produção, pois está localizado em uma região de alta incidência de raios solares, condição extremamente favorável para a geração desse tipo de energia.

Atualmente, o país é o líder na geração na América Latina. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), em relação à energia fotovoltaica, o Brasil foi o 4º país que mais cresceu em 2021, subindo para o 13º lugar no ranking mundial com cerca de 15 GW

Contexto mundial

A energia solar fotovoltaica recentemente se tornou a segunda fonte mais utilizada do mundo, ficando atrás apenas da fonte hídrica. No mês de maio, essa fonte de energia ultrapassou a marca histórica de 1 terawatt (TW) de potência instalada no mundo.

A China é o país com a maior produção de energia solar com mais de 306 Gigawatts (GW) de capacidade fotovoltaica instalada. Confira a seguir a lista dos 10 países com maior capacidade acumulada no mundo:

1. China: 306 GW.

2. EUA: 93,7 GW.

3. Japão: 74,1 GW. 

4. Alemanha: 58,4 GW.

5. Índia: 49,4 GW.

6. Itália: 22,6 GW.

7. Austrália: 19,0 GW 

8. Coréia do Sul: 18,1 GW. 

9. Vietnã: 16,6 GW. 

10. França: 14,7 GW.

Como mencionamos, o Brasil se encontra, atualmente, na 13ª posição.

Posts relacionados

Deixe um comentário